segunda-feira, 1 de julho de 2019



“Estou honrando o caminho que percorri”
Ouvi essa sentença de alguém que estava fazendo reflexões sobre suas experiências e se auto criticando rigidamente. Pensei, senti e perguntei: sim, mas o que você sentiu de crescimento diante das dificuldades? Ela refletiu e imediatamente encontrou as forças e pôde ver o quanto de superação ela estava enfrentando. Naturalmente disse essa sentença:  “Agora sinto que estou Honrando o caminho que percorri”. Esse é um exercício para os momentos de sensações por vezes devastadoras. Culpas, arrependimentos, remorsos... Não é para perdermos nossa autocrítica e humildade, mas sim, mantermos contato com a nossa Polaridade nas dificuldades. O que passou deixam sim marcas!!!! Porém para manter a autoestima é preciso também sentir o que nos mantém em Movimento. Essa sentença fala de Caminho e reconhecimento das nossas duras, frágeis e dolorosas atitudes.

Fernanda Andrade Lima
Psicóloga clínica,
Local Trainer em Análise Bioenergética,
Pós-graduação em Casal e Família.
Atualmente aplico as intervenções corporais na Clínica Sistêmica.
Sócia Direto da Clínica Horizonte Desenvolvimento Humano.